Amigos do Moinho

Um dia fui convidada  a ir até o Moinho ver as obras. Todos cheios de mistério, sorrisos trocados e eu sem entender  nada, até chegarmos no fim da escada que leva até a sala Beatriz de Almeida, tinha um quadro na parede coberto por um pano! Que surpresa!  Era uma foto minha, enorme, um carinho com a “madrinha” do Moinho.  Nossa, chorei muito ,de emoção! Nunca  tinha recebido uma coisa tão bonita, um presente, uma homenagem, uma honra e uma responsabilidade!

Beatriz de Almeida - Bailarina, Professora e Madrinha da Dança do Moinho Cultural

“ É um projeto muito sério em pleno pantanal em que acredito e acho que o resto do Brasil deveria usar o Moinho como exemplo. Eu sinto orgulho de compartilhar do seu sucesso.”

Ingrid Guimarães – Atriz, madrinha do projeto.

“ Cada vez que a gente vem ao Moinho é uma sensação gratificante, pois percebemos a evolução e a seriedade do projeto. Essas crianças me tocaram fundo.”

Almir Sater - Cantor/Compositor , padrinho do Moinho Cultural.

“É uma escola que ensina o caminho do bem pela arte, a convivência , o respeito, e isso se chama cidadania.”

Marcelo Negrão – Ex- jogador da seleção brasileira de vôlei.

“ A criança é o futuro. O Moinho Cultural dá as crianças um horizonte, a oportunidade de escola, oportunidade de crescer, de saber o que é melhor e passar isso a diante.”

Heloísa Perisse - Atriz

“A evolução dessas crianças é resultado de

planejamento e da infraestrutura que

sustentam o projeto, com a participação

dos professores.”

Bernado Bessler - Intérprete e professor de violino

Gilberto Gil – Cantor/Compositor

Aqui está uma afirmação verdadeira: a importância da arte na sociedade, um ponto de encontro de jovens de todas as camadas sociais de grande futuro. É um projeto que vai seguir por si só, onde se respira cultura, se ouve e se observa a arte pulsando por todos os cantos. Existe ume energia muito forte, um trabalho de base uniforme.”

Noreen Guzmán de Rojas – 2009: professora ,coreógrafa e diretora do Ballet Oficial da Bolívia, atualmente Chefe de Unidade de Formação Artística e Cultural em La Paz/Bolívia.

“É compensador ver o esforço de todos para o sucesso da escola e do espetáculo. Estão todos de parabéns”.

Leonardo Sá - Musicólogo, consultor da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira

“Quando me convidaram para ser regente da Orquestra do Moinho Cultural, eu logo aceitei, mesmo sendo tão longe do Rio de Janeiro. Pois desde pequena aprendi que devemos trabalhar pelo próximo e é exatamente isso que o Moinho Cultural faz, ele realmente transformar a vida dessas crianças.”

Noemi Uzeda – Docente de violino no Programa de Música da Universidade Major de San Simón – Bolívia.

Reynaldo Muniz – Mestre em Balé, Coreógrafo e Metodólogo da Escola Cubana de Ballet

Paulo Simões – Cantor/Compositor

Maurício Kubrusly – Jornalista

 

Deborah Colker – Bailarina e Coreógrafa

Zeca Camargo – Jornalista e Apresentador

Jonas Bloch – Ator

Olivier Anquier – chef de cozinha, empresário e apresentador de televisão franco-brasileiro.

MV Bill Rapper, Ator e Escritor

A iniciativa deve ser difundida em todo o Brasil, um exemplo de cidadania e de integração latina que nossos governantes deveriam assumir e apoiar”,

Fagner – Cantor/Compositor

Gabriel Sater – Cantor/Compositor e Ator

"O Moinho é um programa cultural e social fabuloso. É um prazer estar aqui!"

Sebastião Salgado - Fotógrafo

 

Haroldo Palo Jr – Fotógrafo/ Documentarista

Natalia Zemtchenkova - Foi solista no Russian Chamber Ballet e deu aulas na Cia de Dança Deborah Colker 

Claúdia Bomtempo – Repórter da Globo

Afroreggae – Grupo Musical

Os caçadores de bons exemplos

Xuxa Meneghel – Apresentadora e Atriz

"Sem palavras, eu só tenho a agradecer do mais fundo do meu coração a todos vocês que encantaram hoje. Chorei muito, eu não esperava tanta qualidade, tanto talento, sempre acreditei em vocês, mas não sabia que era tão rápido assim para ter tanta qualidade, tanto talento como vocês"

Geraldo Espíndola – Cantor/ Compositor

Nessa visita a Corumbá tive a oportunidade de ver, no brilho dos olhos das crianças e dos adolescentes, a grandeza, a qualidade e o alcance do trabalho do Moinho Cultural. A impressão que levo daqui é de orgulho de ser parte de uma iniciativa tão fantasticamente pensada, constituída e praticada, que tem um potencial gigantesco não apenas para Corumbá, mas para região do Brasil que se conecta com outros países da América Latina.

Amarílio Macêdo – Presidente do Conselho de Administração da empresa J.Macêdo

“O Moinho cumpre seu papel de agregador, vim para fazer um intercâmbio, é muito bom estar aqui, sempre tem um ar de novo.”

Marcelo Bratke – Pianista e apresentador do programa O Tempo e a Música: Villa Lobos

Hermanos e Irmãos - Formado por Jerry Espíndola, Márcio De Camillo e Rodrigo Teixeira – Cantores e Compositores

“Projeto incrível, minha terra...”

Nando Rodrigues - Ator

“O Moinho Cultural proporciona uma oportunidade para todos que gostam de tocar e dançar, tendo instrumentos para tocar, professores para ensinar, dificilmente teriamos uma ação musical e social para essas crianças se não fosse o Moinho Cultural.”

Eduardo Martinele – Maestro e Padrinho da Música do Moinho Cultural

Carlinhos Brown - Cantor, Percussionista e Compositor

“ Foi aqui no Moinho Cultural que aprendi as pequenas coisas com as crianças, eles são os melhores professores, eles ensinam você a ser humano, a respeitar as diferenças e te dar o start para você saber o que você quer da vida...

Estar com eles novamente é maravilhoso, eu AMO esse projeto. Dentro da sala de aula você não é somente um professor, você é um transformador. Por isso eu acho o Moinho Cultural incrível!”

Grey Araújo – Bailarino do Grupo Corpo/BH

“Quando eu venho para Corumbá e contemplo a obra social, de desenvolvimento, de resgate promovido pelo Moinho Cultural é de encher os olhos de lágrimas, de alegria, de poder ver profissionais competentes, dedicados em um trabalho de abriga quase 300 crianças e adolescentes, é de uma dimensão dificil mensurar..”

Moacir Lacerda – Um dos fundadores do Grupo ACABA, cantadores do Pantanal

Rui Moreira - Bailarino, coreógrafo e investigador de culturas.

Sylvestre Campe - Fotógrafo e Documentarista

Eu viajo o mundo inteiro gravando, faço muitas séries para o canal OFF da Globosat, mas saber que tem um polo cultural tão ativo no Pantanal, eu acho muito especial. Sou totalmente a favor de promover a Cultura, não só aquela música que a gente ouve hoje que muitas vezes tem uma letra grosseira, alta demais. É bom ter a cultura, de verdade, seja cultura folclórica, de música clássica, dança, cultura é tudo. Faz bem”

 

Instituto Moinho Cultural - 2015